Inteligência Profissional: o que é e como aplicar na sua carreira

Inteligência Profissional: o que é e como aplicar na sua carreira

O que é preciso para avançar na carreira? Essa é uma dúvida frequente entre os profissionais que buscam dar o próximo passo no mercado de trabalho.

Embora, no passado, um curso superior e um bom currículo fossem suficientes para conquistar uma oportunidade, hoje em dia o cenário já se mostra bem diferente. Cada vez mais competitivo, o mercado busca por conhecimentos e habilidades que considera essenciais para os desafios do futuro.

Uma pesquisa divulgada pelo Linkedin, apontou que 92% dos recrutadores acreditam que as habilidades comportamentais são tão ou até mesmo mais importantes que os conhecimentos técnicos. A Inteligência Emocional, por exemplo, vem sendo apontada há anos como uma das competências mais indispensáveis a qualquer profissional.

Outro fator que vem impulsionando mudanças no mundo do trabalho é o constante surgimento de novas tecnologias. A adoção da Inteligência Artificial nas estratégias de negócios é um indicador desse movimento. Para se ter uma ideia, o uso de IA nas empresas aumentou cerca de 270% nos últimos anos, como aponta uma pesquisa realizada pela consultoria Gartner.

As transformações do mercado acontecem de forma acelerada e, para os profissionais, acompanhar esse processo pode ser um verdadeiro desafio. De acordo com o relatório The Future of Jobs 2020, divulgado durante o Fórum Econômico Mundial, mais de 55% das empresas não encontram as competências desejadas entre os candidatos.

Dados como esse servem de alerta: é preciso saber reconhecer e investir nas habilidades certas para o mercado. Ou seja, aquelas que vão colocar a sua carreira em um novo patamar.

Para isso, é preciso desenvolver o que chamamos de Inteligência Profissional. Ainda não conhece esse conceito? Então continue a leitura do nosso artigo e descubra como aplicá-lo em sua carreira.

O que é a Inteligência Profissional?

A Inteligência Profissional é considerada uma power skill, ou super habilidade em português. Nela, estão concentradas outras três grandes inteligências, que formam os pilares necessários para o desenvolvimento direcionado ao mercado de trabalho moderno.

Essa super habilidade garante ao profissional uma evolução esférica e equilibrada, pois permite o aprimoramento simultâneo de diferentes competências. Dessa forma, é possível conquistar todos os recursos e conhecimentos necessários para atuar com alta performance em cenários incertos e de mudança contínua.

Pilares da Inteligência Profissional

A Inteligência Profissional agrupa três grandes habilidades que, quando conectadas, formam a base necessária para a atuação de qualquer profissional, seja na atualidade ou nos desafios do futuro. Conheça elas:

Inteligência Emocional

Considerada uma das habilidades mais importantes para o profissional do futuro, a Inteligência Emocional é essencial a todo indivíduo que busca desenvolver aspectos como o autoconhecimento e resiliência.

Essa competência se refere à capacidade do ser humano de reconhecer e administrar emoções, sejam elas internas ou externas. Dessa forma, o seu desenvolvimento é fundamental para a construção de relacionamentos mais saudáveis e empáticos. 

Além disso, é um excelente caminho para aprender a gerenciar as mudanças, revertendo-as em oportunidades.

Inteligência Artificial

A tecnologia é um dos principais pilares da Inteligência Profissional. Aqui, ela é representada pelos contínuos avanços da Inteligência Artificial.

Essa habilidade é indispensável para as carreiras do futuro, pois a partir dela os profissionais estarão preparados para atuar e interagir em cenários cada vez mais automatizados e inteligentes.

Compreender essas tecnologias é o caminho para aplicá-las de forma correta nas estratégias de negócios, otimizando soluções em busca de melhores resultados.

Inteligência Financeira

O último pilar se refere a um importante passo para a sustentabilidade de qualquer carreira: a Inteligência Financeira.

Esse é um aspecto imprescindível para quem deseja planejar o futuro e estabelecer uma nova relação com as finanças, seja no âmbito pessoal ou profissional. A criação de ciclos financeiros sustentáveis é o caminho para uma carreira ou negócio de sucesso.

Importância da Inteligência Profissional para o trabalho moderno

Estar preparado, hoje, significa estar em constante alerta sobre as mudanças, buscando soluções cada vez mais sustentáveis, tecnológicas e adaptáveis, garantindo assim a eficiência dos processos.

Dessa forma, o desenvolvimento da Inteligência Profissional tem como foco a qualificação ou requalificação de habilidades. Essa power skill permite o aperfeiçoamento equilibrado dos três principais pilares do trabalho moderno: a conexão entre o emocional, a tecnologia e a sustentabilidade para a carreira.

De acordo com um relatório divulgado pela consultoria Pearson, a associação dessas competências é o caminho para os profissionais que desejam conquistar oportunidades e evoluir no novo mercado de trabalho.

Agora que você já está familiarizado com esse novo conceito do mercado moderno, é preciso entender como ele se aplica na sua carreira. 

Continue a leitura do nosso artigo e descubra como ativar a sua Inteligência Profissional.

3 características de quem possui Inteligência Profissional

Desenvolver e aprimorar essa power skill é um fator decisivo para se manter em evidência, seja no mercado atual ou em possíveis cenários do futuro.

Por essa razão, três fatores são indispensáveis para quem deseja alcançar a Inteligência Profissional na carreira:

  • Forte senso analítico;
  • Foco no autodesenvolvimento contínuo;
  • Resiliência e adaptabilidade para encarar os desafios.

Como alcançar a Inteligência Profissional?

De acordo com um estudo realizado pela Dell, cerca de 85% das profissões que existirão no ano de 2030 ainda não foram sequer inventadas. O panorama para os próximos anos não deixa dúvidas: a reinvenção é a resposta para não cair no esquecimento.

O profissional do futuro, como vem sendo considerado no mundo dos negócios, tem um perfil inovador, flexível e resolutivo. Além disso, busca nas power skills, o desenvolvimento necessário para avançar no mercado.

Considerando esse cenário, a Inteligência Profissional é a chave para quem deseja permanecer relevante nesse oceano de possibilidades. Por isso, selecionamos 4 passos para você iniciar o desenvolvimento dessa habilidade agora mesmo. Confira:

Não tema as mudanças

Para começar, é preciso desenvolver a sua flexibilidade.

Estar aberto a atuar em novos e diferentes cenários é um fator fundamental para quem deseja desenvolver essa competência. 

A resiliência é o caminho para encarar os muitos desafios que ainda estão por vir.

Faça um mapeamento de habilidades

É necessário compreender o que já foi desenvolvido e aquilo que ainda precisa ser aprimorado.

Por isso, uma análise entre suas habilidades técnicas e comportamentais é essencial para obter entendimentos claros sobre o seu futuro.

Trace uma estratégia de desenvolvimento 

Chegou a hora de estruturar um bom planejamento. Para isso, questione a si mesmo: onde você se vê daqui há 5 anos? A resposta dessa pergunta pode sinalizar novos caminhos a seguir.

Com o Plano de Desenvolvimento Individual (PDI), por exemplo, você pode organizar um guia completo para a sua carreira, com tudo aquilo que ainda precisa ser aperfeiçoado.

Invista nos conhecimentos certos

Por último, mas não menos importante: é preciso investir nos conhecimentos corretos e alinhados com a sua jornada. Nesse sentido, algumas modalidades podem ajudar a alavancar a sua carreira.

As certificações profissionais, por exemplo, são cursos de curta duração, mas que proporcionam o desenvolvimento rápido em determinados temas e competências.

Já para quem busca um desenvolvimento a médio e longo prazo, as especializações e MBAs são cursos que podem tornar você um especialista em uma determinada área ou assunto.

Conheça o nosso portfólio e comece a estudar quando quiser.

Fonte:  PUCRS Online

Avatar IBDCNI

Escrito por

IBDCNI

Instituto

Instituto Brasileiro de Direito, Conformidade e Normas Internacionais.